Guarda-redes espanhol continua a viver bons momentos frente ao Valência. Foi assim no Real Madrid e agora no FC Porto.

Iker Casillas brilhou frente ao Valência, ao defender a grande penalidade que ditou a vitória dos dragões no desempate do primeiro jogo da Colónia Cup, tendo depois recebido o prémio de melhor em campo pela organização. E a verdade é que o guarda-redes espanhol voltou a viver um momento feliz frente ao clube ché: Casillas tem 17 troféus conquistados pelo Real Madrid e alguns foram "à custa" do Valência.

Em maio de 2000, na final de Paris, conquistou a Liga dos Campeões (3-0); em 2008 levantou o troféu da Supertaça espanhola com um 6-5 no conjunto das duas mãos. Na Taça do Rei, só encontrou uma vez a equipa ché, nos quartos de final (2012/13), e ajudou a eliminá-la.

A vitória na Champions ainda hoje é eleita por Casillas como a mais importante, até porque na altura tinha 19 anos e quatro dias, o que fez dele o guarda-redes mais jovem de sempre a disputar uma final da Liga dos Campeões.

Comente com o Facebook:

 
Top