Avançado do Atlético Paranaense perdeu a paciência com mais uns comentários ao seu peso.

Autor do golo que deu a vitória ao Atlético Paranaense frente ao Palmeiras, Walter não se livra, todavia, de críticas. O avançado que passou sem sucesso pelo FC Porto voltou a ser acusado de estar gordo, desta vez pelo ex-jogador Edinho, que afirmou que os responsáveis do clube não deviam "deixar um jogador destes jogar".

"Normalmente eu não respondo a comentários ofensivos, que, como vocês sabem, venho sofrendo desde a minha passagem pelo Goiás. Mas, por respeito às pessoas que torcem por mim e à minha família, que também vem sofrendo com a forma como as pessoas pessoas insistem em atacar a minha imagem (principalmente comentadores de televisão, rádios e meios de comunicação em geral), com opiniões que elas julgam corretas, mas na verdade são única e exclusivamente Delas, resolvi pronunciar-me.

Estava a ver o programa de desporto quando um comentador, cujo o nome é Edinho (eu acho, porque mal sei quem é essa pessoa, só sei que não tem o mínimo de respeito), falou que "todo mundo erra, todas as pessoas que cercam uma equipa profissional erram ao deixar um jogador destes jogar.

Aqui todo mundo tem respeito pelo meu futebol, acredita em mim e luta todo dia junto comigo para que eu possa melhorar a minha condição física. Ninguém aqui no clube está brincando de trabalhar, então, na minha opinião, uma declaração dessas foi no mínimo infeliz! Edinho, meu caro, você não sabe um terço da dificuldade que passo para chegar num peso perto do ideal, muito menos a dificuldade que foi chegar até onde cheguei. É uma luta diária que jamais vou desistir! E digo mais, você para mim não é um grande comentador, tendo em vista que publica informações falsas a meu respeito (já que eu nunca usei cinta e nem conseguiria jogar com aquilo). Mas nem por isso eu saio falando por aí, na imprensa, para tirá-lo do programa por ser um péssimo profissional! Então, só peço uma coisa: respeita-me", respondeu o avançado.

Fonte: www.ojogo.pt

Comente com o Facebook:

 
Top